Conheça as cinco principais razões para a recusa do crédito empresarial

Postada em 24-05-2021, por https://www.contabeis.com.br/

A maioria dos motivos que prejudicam a obtenção do crédito pode ser contornada pelo próprio empresário

n_47107_fc79f85644e61b73336061894220e641.jpg

A conquista do crédito virou parte do sonho de milhões de empreendedores do país, que desejam melhorar seus negócios, se recuperar de crises financeiras como a atual ou mesmo para impulsionar o crescimento do negócio.

O Banco Central prevê que, até o fim do ano, o mercado de crédito deve crescer 8% no país. Entre os motivos é possível citar as medidas governamentais de incentivo de crédito e apoio às empresas no contexto de isolamento social.

5 principais motivos que podem explicar o crédito empresarial negado

Falta de garantias

O fornecimento de garantias que estejam de acordo com os objetivos de crédito da empresa, já que com isso, as instituições poderão avaliar que linhas de crédito e montantes de capital podem ser fornecidos para uma empresa com grau consistente de segurança e adimplência.

Restrições financeiras

A empresa não pode possuir restritivos financeiros que sejam impeditivos para a liberação do crédito, a partir do momento em que uma companhia possui restritivos mais severos no mercado, a conquista do crédito se torna pouco viável.

Perfil financeiro

O perfil financeiro do negócio pode não ter semelhança com as linhas de crédito e opções financeiras oferecidas por uma determinada instituição bancária. Por isso, é muito importante mapear as diferentes opções de crédito disponíveis no mercado.

Baixo Score

O score abaixo do desejado pode ser difícil de melhorar de forma rápida, por isso é importante evitar todas as razões acima para que não acarrete nessa pontuação. Um Baixo Score pode significar falta de comprometimento aos pagamentos.

Momento econômico

O momento econômico vivido por um país é outro fator que pode influenciar na obtenção do crédito, mesmo que essa situação realmente esteja além do poder de atuação individual do empresário.

Quando planejado, o crédito é um instrumento de transformação, preservação de legados e capaz de pavimentar a estrada para um futuro financeiramente sustentável.